Encontra-nos através das redes sociais

  • Facebook Page: 380736808683360
  • YouTube: sfvsff

Conta de Gerência: Taxa de Execução do Orçamento foi de 76% em 2016

acontagerencia

O Relatório da Conta de Gerência de 2016 vai ser apresentado esta sexta-feira, 28, na Assembleia Municipal.

Segundo o documento, a taxa de execução orçamental situou-se nos 76 por cento. O Orçamento para o ano de 2016 foi de 185 mil e 165 contos. O montante executado foi de 142 mil e 313 contos.

Um registo muito positivo, segundo a edilidade, tendo em conta que a autarquia não pôde contar com a transferência das receitas consignadas pelo governo (Taxa Ecológica, por exemplo), e nem beneficiou de contratos programa de acordo com a previsão inicial.

Receitas

A Câmara Municipal cumpriu em 96% a meta proposta para a arrecadação de receitas correntes. Previu o montante de 115.965.620$00 e arrecadou o montante de 111.700.836$00.

Despesas

A Câmara Municipal previu no orçamento do ano passado o montante de 190.110.620$00 (Cento noventa milhões cento e dez mil e seiscentos vinte escudos). A taxa de realização foi de 74%, ou seja, 140.373.469$00.

Investimentos

A Câmara Municipal conseguiu materializar 56 por cento dos investimentos previstos no Orçamento de 2016.

A edilidade previu arrecadar um montante de 40 mil contos para investimentos contando com a assinatura de contratos-programa com o governo e outros parceiros, mas as receitas não foram além dos 22 mil e 61 contos.

Não obstante, a edilidade fez investimentos importantes em infraestruturas e programas de promoção da coesão social e do capital humano.

Infraestruturas

Em termos de infraestruturação, a Câmara Municipal afetou, durante a gerência de 2016, o montante de 24 mil e 778 contos, para as obras de arruamentos internos, conclusão da 1ª fase do mercado municipal, conclusão da estrada de Achada Grande de Cima, continuação da estrada de Achada Grande de Baixo, conclusão do Centro Cultural Talaia Baxu e início das obras de remodelação do polidesportivo João de Joia.

Coesão Social

Durante o ano económico 2016, a Câmara Municipal disponibilizou o montante de 11.536.148$00, para várias acções sociais. Foram feitos investimentos importantes na reabilitação de casas das famílias carenciadas, na construção de casas de banho para famílias de baixa renda, no apoio a evacuações, no apoio para aquisição de medicamentos e no fomento a actividades geradoras de rendimento.

Capital Humano

O investimento no capital humano atingiu o montante de 17 mil e 964 contos, destinados a apoios a estudantes de todos os níveis de ensino e no financiamento de diversas actividades realizadas nos Mosteiros, nomeadamente, as festas do município, o Carnaval, as festas de romaria, o campeonato inter-zonas, torneios de modalidades de salão, entre outras.

Nesta rubrica merece destaque a atribuição de subsídio aos clubes cujas equipas de futebol e de outras modalidades participam em campeonatos regionais.

Funcionamento

Para as despesas de funcionamento a autarquia inscreveu 86.312.930$00. Primando pela contenção das despesas de funcionamento, a Câmara utilizou 83 por cento (71.370.265$00) do montante inscrito no orçamento, libertando recursos para acções sociais e outros investimentos.

GCI

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Projetos


Copyright © 2017 Câmara Municipal dos Mosteiros. Todos os direitos reservados.